WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está aqui para responder às suas dúvidas.
Seja bem vindo (a)

Quer diminuir os seus encargos tributários? Saiba como!

Quando se fala em empreendedorismo no Brasil, a alta carga tributária é o primeiro ponto que vem à cabeça de todos que estão começando. Isso é um fato e é essencial conhecer a fundo para não entrar em uma furada.

Abrir uma empresa e geri-la não é uma tarefa simples, mas com experiência e dedicação é possível atingir grandes feitos. Dessa maneira, criamos um conteúdo objetivo para você que quer diminuir os seus encargos tributários com alguns tópicos essenciais que precisam ser compreendidos o quanto antes.

Confira!

Comece com planejamento fiscal

Em qualquer modelo de gestão o planejamento fiscal é essencial para se atingir o sucesso. Isto é, conhecer os regimes do sistema tributário nacional e compreender qual melhor descreve a empresa.

SIMPLES Nacional foi um grande facilitador para o empreendedor, principalmente para microempreendedores individuais (MEI) e Empresas de Pequeno Porte (EPP). Já o Lucro Presumido e Lucro real são para as empresas mais consolidadas.

Cada empresa possui as suas necessidades, o seu valor no mercado e o seu modelo de negócio, de modo que é essencial contar com uma assessoria especializada para definir a melhor tributação.

Terceirize funções alheias ao negócio

A terceirização pode ser a chave não apenas para reduzir encargos tributários, mas também custos no geral. Uma pizzaria, por exemplo, deve sempre estar limpa e em ordem, mas a limpeza não é o serviço comercializado no estabelecimento, portanto é um setor passível a terceirização. Mas e o que isso tem a ver?

Tudo!

Se esse setor não é prioritário no negócio e pode ser desempenhado por outros colaboradores dentro do seu expediente, não é necessário contratar ainda mais mão de obra, o que consequentemente aumentaria os custos previdenciários e contribuições.

Conheça os benefícios fiscais

Benefícios fiscais são isenções ou reduções em alíquotas de impostos específicos, sendo o Imposto de Renda o mais comum. Tais vantagens são legalmente obtidas quando o empresário se compromete a cumprir alguns critérios, sendo os mais comuns:

    • Aderir a programas do Governo Federal, estadual ou municipal;
    • Investir em determinados setores da economia;
    • Estímulo a atividades socioculturais (dependendo da região), entre outros.

Tais benefícios podem fazer uma grande diferença no fechamento de caixa da empresa. No entanto, é preciso saber que normalmente envolvem algum investimento, de modo que cada caso é um caso.

Investigue a sua empresa a fundo

É essencial em qualquer circunstância conhecer o próprio negócio, e por mais óbvio que pareça, muitos gestores deixam isso de lado. O fluxo de caixa, por exemplo, é valioso para compreender a saúde da empresa, mas não deve ser analisado sozinho.

Tendo na ponta do lápis tudo o que o negócio faz, serve ou comercializa dá ao gestor informações importantes para definir os rumos que deve tomar. Sem isso, pode se perder no caminho.

Fique atento a prazos, entrega de documentos e outros encargos fiscais. Assim, você evita multas, juros ou problemas ainda mais sérios com a justiça.

O direito tributário pode ser complexo, mas com muito esforço é possível encontrar maneiras de reduzir tais custos do seu negócio em conformidade com a lei.

Scroll to top